Sobre a LAM

35 anos a voar para o futuro

A LAM – Linhas Aéreas de Moçambique, criada no dia 14 de Maio de 1980, celebra, no ano em curso, o trigésimo quinto aniversário com um horizonte de crescimento que inclui a aquisição de três novas aeronaves, encomendadas à Boeing e que serão entregues a partir de 2016. Paralelamente, a partir deste ano (2015), reforçará a frota com outras duas aeronaves. As aquisições têm em vista dar consistência à expansão da rede de voos da companhia que abrange a abertura de destinos intercontinentais. Estas e outras apostas que constam do Plano Estratégico 2014 – 2018 da empresa, foram temas da entrevista com o Administrador Delegado da companhia, Dr. Iacumba Ali Aiuba.

História e Perfil

A LAM – Linhas Aéreas de Moçambique foi criada no dia 14 de Maio de 1980, ao abrigo do Decreto nº 8/80 de 19 de Novembro, e assumiu todos os direitos e obrigações resultantes de actos ou contratos praticados ou celebrados pela sua antecessora, a DETA - Direcção de Exploração do Transporte Aéreo - que esteve em actividade desde 1936.

 

Código de Conduta

A base do desenvolvimento da LAM - Linhas Aéreas de Moçambique é a nossa conduta ética nos negócios. Esse compromisso, explicitado nos Valores da LAM, exige um importante instrumento para orientar as acções e decisões dos trabalhadores: o Código de Conduta LAM - Linhas Aéreas de Moçambique.

 

Recrutamento

Para uma eficaz gestão de pessoal, a LAM procura recrutar profissionais que tenham um elevado sentido de responsabilidade, de lealdade, sigilo, com vontade e progredir na carreira e que se identificam com a nossa missão e visão.