Sala de Imprensa

Como forma de dar suporte às vendas, bem como de promover destinos, a LAM indicou recentemente um Agente Geral de Vendas (GSA) no território das Ilhas Maurícias.

A LAM - Linhas Aéreas de Moçambique, SA, comunica que a operação de voos retomou na manhã de hoje, Sexta-feira, dia 06 de Julho de 2018, estando neste momento a decorrerem contactos ao passageiros, de modo a informá-los sobre as reprogramações que os afectam.

Face a limitações para garantir o abastecimento de combustível, JET A1, às aeronaves, a LAM leva ao conhecimento do público que, lamentavelmente, se sentiu forçada a proceder ao  cancelamento dos voos de hoje, dia 05 de Julho de 2018.

A LAM – Linhas Aéreas de Moçambique informa que devido à limitações financeiras que enfrenta para viabilizar o abastecimento das aeronaves, ultimamente feito mediante pré-pagamento,  ficou privada de realizar os primeiros voos (período da manhã) de hoje, dia 04 de Julho de 2018.

A LAM e a Fastjet assinaram hoje um Memorando de Entendimento visando uma cooperação a longo prazo. O memorando foi assinado na Sede da LAM, em Maputo. A intenção deste entendimento inclui amplas áreas de cooperação visando melhorar significativamente a aviação comercial no país.

Está a ser veiculada nas redes sociais uma informação dando conta de uma eventual dívida de cerca de 3 milhões de dólares norte-americanos para com a BP e, como resultado, esta firma
terá supostamente interrompido o abastecimento das aeronaves.

A LAM - Linhas Aéreas de Moçambique, S. A. informa aos estimados Clientes e ao Público, que devido a ruptura do stock de combustível em Nampula, os voos entre
Nampula -Tete - Joanesburgo poderão sofrer cancelamentos.

No âmbito da Responsabilidade Social e com o objectivo de valorizar a cultura moçambicana, a companhia de bandeira moçambicana é a transportadora oficial do projecto “Reencontro”.

Dando o seu contributo para minorar o sofrimento dos mais necessitados, a LAM, no âmbito da sua Responsabilidade Social, ofereceu almofadas a um lar de idosos em Lhanguene, na cidade de Maputo.